Arquitetos belgas projetam hospital pediátrico sustentável no Vietnã

O projeto de um hospital pediátrico na cidade de Ho Chi Minh, Vietnã, foi desenvolvido pelo VK, escritório belga de arquitetura. A estrutura tem como objetivo ser um local onde as crianças se sintam em casa. Os arquitetos quiseram criar um design reconhecido e aberto, com potencial de organizar um programa complexo em uma estrutura clara. Além disso, o edifício tem muitas características sustentáveis.

O hospital concorreu no World Architecture Festival 2011 e foi o vencedor da categoria Projetos futuros–Saúde. O edifício oferece muito ar e luz e tem uma relação ótima entre o interior e o exterior. O ambiente de cura oferece às crianças, bem como à sua família e equipe, clareza e tranquilidade proporcionando um apoio essencial para o programa de enfermagem.

Um cuidado especial é dado às rotas de circulação. Aberturas no telhado fornecem luz natural e ar. As enfermarias, como entidades separadas, estimulam a legibilidade do edifício. Os quartos dos pacientes são organizados em torno de um vazio interno, criando um plano de fundo oval com uma vista fantástica para todos os quartos. A luz do dia penetra no edifício, através das salas e quartos familiares.

A ventilação natural cruzada usa a pressão do vento e o efeito chaminé para ventilar as alas. Como tal, a ventilação natural é mais estável em dias com menos ou nenhum vento. No entanto, é aconselhável a utilização da ventilação mecânica em todos os quartos médicos para evitar contaminação.

Todo o departamento médico está localizado sob uma saliência curva, que forma uma paisagem orgânica. Desta maneira, o ganho solar nos quartos dos pacientes será limitado, necessitando de menos energia para arrefecê-los. Como um bônus, este tipo de proteção solar não obstrui a visibilidade para o exterior.

Usando a massa térmica das paredes de concreto e lajes de chão, o arrefecimento noturno também reduz o consumo de energia. Paredes e lajes absorvem o calor acumulado durante o dia, através de uma combinação de ganho solar, equipamentos eletrônicos e de ocupação do usuário. À medida que a temperatura externa cai durante a noite, a construção pode ser arrefecida abrindo os dutos de ar em torno do edifício.

Os painéis solares absorvem o calor do sol e armazenam a energia em um reservatório. Os coletores têm uma melhor orientação e ângulo de inclinação. Em dias ensolarados, chegam a produzir 75% da demanda de água quente.

As águas pluviais também são gerenciadas no telhado. Cerca de 50 a 60% da precipitação deverá ser retida por uma extensa cobertura verde. Qualquer excesso de água pode ser recolhido e armazenado em um sistema moderno de gestão de chuva ou cisterna. Outra vantagem, é que a camada de vegetação e substrato agem como um filtro de água, retendo partículas, poeira, poluentes e metais pesados. A água da chuva em excesso pode então ser utilizada para irrigar o telhado, usado como água de toilette, ou quaisquer outros fins disponíveis.

O telhado pode, em condições normais sofrer grandes flutuações térmicas na sua superfície superior ao longo do dia e ao longo do ano. Em casos extremos as variações podem ser de até 100°C. Plantar uma superfície na cobertura reduz drasticamente a quantidade de radiação solar absorvida pela superfície nua do telhado. As altas oscilações térmicas diárias são neutralizadas e as flutuações anuais diminuem para 20 e 25°C.

A entrada principal do hospital é orientada para o lado leste. Esta é a solução mais conveniente para evitar o ruído da auto-estrada e o cheiro da poluição, a oeste, onde é organizado a recolha e tratamento de resíduos.

Protegido da luz solar direta e “escondido” na paisagem artificial estão os serviços ambulatoriais e paramédicos, em torno de uma praça pública central, com capacidade para até seis mil pacientes por dia. No primeiro andar estão as salas de cirurgia e unidades de terapia intensiva. Um telhado de proteção combina essas funções específicas e proporciona sombra e espaços cobertos ao ar livre. Jardins submersos e pátios oferecem luz natural e uma sensação de privacidade e segurança. Entre os pisos médicos e as alas, existe um nível aberto dedicado à equipe médica e à educação. A abertura deste nível semi-público cria vistas sobre a paisagem escultural através do edifício.

Fonte: Ciclo Vivo

Anúncios

Sua opinião é muito importante para nós.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s