Estranho organismo recém-descoberto inaugura novo reino da natureza

Um organismo unicelular descoberto na Noruega está dando o que falar. Segundo cientistas, ele é tão diferente de todos os organismos conhecidos até hoje que um novo grupo base, conhecido como novo reino, foi criado: Collodictyon.

Esse organismo singular foi encontrado em um lago no sul de Oslo, Noruega. De acordo com a cientista Kamran Shalchian-Tabrizi, da Universidade de Oslo, não há outro ser vivo que descenda de tão perto das raízes da árvore da vida.

“O micro-organismo está entre os mais antigos eucariontes. Ele evoluiu há cerca de um bilhão de anos. Ele nos mostra como a Terra parecia ser no início”, diz Shalchian-Tabrizi.

Os cientistas noruegueses analisaram o genoma do organismo encontrado e descobriram que ele é eucarionte, mas não se enquadra em nenhum dos grupos principais (animais, plantas, fungos, algas ou protistas).

Ele tem de 30 a 50 micrômetros (a espessura de um cabelo humano) e se alimenta de algas, preferindo viver sozinho, em detrimento de conviver em grupos. Sua singularidade também reside no fato de ter quatro flagelos, ao invés de um ou dois, o que seria considerado normal.

O micro-organismo também tem características que são marcas das algas e das amebas, pertencentes a dois reinos eucariontes diferentes.

Devido a esse motivo, os pesquisadores acreditam que o micro-organismo seja o ancestral desses dois reinos.

Fonte: Hypescience

Anúncios

3 Respostas para “Estranho organismo recém-descoberto inaugura novo reino da natureza

  1. Sistema de classificação em Reinos é antigo e ultrapassado. Usa-se atualmente os domínios Eukariota, Archaea e Bactéria, baseados em estudos filogenéticos com dados ribossômicos. O organismo em questão se existe, é uma linda descoberta, mas não constitui de forma nenhuma um novo reino.

  2. toda a taxonomia deve ser revista, agora com o advento das técnicas de biologia molecular… O reino protista é um exemplo do que deve ser totalmente reformulado… parece que foi agrupado por falta de demais critérios, “É eucarionte, não é alga, não é fungo…deve ser protozoário…”o que fez desse grupo uma divisão didática apenas. Essa notícia precede muitas outras que virão, em alguns anos será ensinado nas escolas e universidades um sistema taxonômico totalmente reformado, não mais baseado em características morfológicas.

Sua opinião é muito importante para nós.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s