Governo aprova MP que permitirá a construção de hidrelétricas e rodovias em UCs da Amazônia

A Medida Provisória 558, publicada ontem (16/05) no Diário Oficial, altera os limites de 8 unidades federais de conservação, todas dentro da Amazônia Legal.

O objetivo das mudanças nos limites das áreas é atender aos interesses do Ministério de Minas e Energia para a construção do Complexo Hidrelétrico Tapajós e do Ministério dos Transportes, para a retomada das obras da polêmica BR-163, que liga Cuiabá (MT) a Santarém (PA).

O texto na Câmara foi modificado pelo relator, deputado Zé Geraldo (PT-BA), que acrescentou alterações à Floresta Nacional do Tapajós, que teve duas áreas excluídas em um total de 17.851 hectares. Agora, a MP será encaminhada para votação no Senado.

A maior parte das Unidades afetadas está localizada no Pará. A lista completa é:

  • Parque Nacional da Amazônia
  • Parque Nacional dos Campos Amazônicos
  • Parque Nacional Mapinguari
  • Floresta Nacional de Itaituba I
  • Floresta Nacional de Itaituba II
  • Floresta Nacional do Crepori
  • Área de Proteção Ambiental do Tapajós
  • Floresta Nacional do Tapajós
  • Image
  • Fonte: ((o))eco
  • Imagem: GreenPeace
Anúncios

Sua opinião é muito importante para nós.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s