Ararinha-azul, a ave que não existe mais na natureza

A ararinha Cyanopsitta spixii, ou ararinha azul é uma espécie endêmica da caatinga, na região que vai do extremo norte da Bahia ao sul do Rio São Francisco. Possui uma coloração azul com uma faixa cinza que se estende na região superior do bico. Mede cerca de 57 cm e sua alimentação é composta basicamente por frutos e sementes, como as sementes do buriti e pinhão.

Por conta de sua beleza, se tornou alvo frequente de traficantes internacionais de animais. Esse fator, aliado à perda de habitat permitiu que a espécie se encontre extinta na natureza, o que não é muito diferente da extinção total, já que seus hábitos naturais são perdidos ao longo do tempo, tanto pelos indivíduos nascidos em cativeiro, quanto pelos que vivem nele a muito tempo. O último exemplar em liberdade foi visto pela última vez em 2002, quando desapareceu sem deixar rastros.

Atualmente não resta nenhuma ave da espécie na natureza e existem somente cerca de 85 em cativeiro. No inicio dos anos 90 foi criado um projeto para localização de outros indivíduos e a recuperação da espécie através da reintrodução na natureza dos que hoje vivem em cativeiro. O ultimo exemplar monitorado era um macho de aproximadamente vinte anos de idade que era vigiado por cientistas e voluntários na cidade de Curaça, na Bahia. Houve uma tentativa de acasalamento desse macho com uma fêmea nascida em cativeiro, mas não obteve sucesso, pois o macho morreu em 2000.

Hoje, a ararinha-azul só pode ser vista em cativeiros e sua reprodução nesses locais é um evento raríssimo, onde as fêmeas põe apenas três ovos para cada ninhada, depositando-os em ninhos artificiais, ao invés dos troncos de árvores.

Classificação Científica

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Psittaciformes
Família: Psittacidae
Rafinesque, 1815
Espécie: C. spixii
Nome Científico: Cyanopsitta spixii
(Wagler, 1832)
Nome em Inglês: Spix’s Macaw

Em Perigo Crítico

Redação Ambientalistas em rede, com informações em Brasil Escola e Wikiaves

Imagem capa do post: http://www.andrewzuckerman.com/site.html

Anúncios

Uma resposta para “Ararinha-azul, a ave que não existe mais na natureza

  1. Uma bela ave, é lamentável está praticamente extinta, mas nem tudo está perdido, vamos torcer pela recuperação da espécie.

Sua opinião é muito importante para nós.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s