Estudo revela características de vegetação misteriosa da Namíbia

Nas estepes da Namíbia, país situado no sudoeste da África, “buracos” na grama deixam os cientistas intrigados há anos. Em vários trechos, a vegetação esparsa deixa de existir em círculos quase perfeitos e deixa o solo “careca” nesses pontos. Esses círculos são conhecidos como “anéis de fadas”.

 
Um estudo publicado nesta semana pela revista científica “PLoS One” dá um passo na direção de explicar o que causa o fenômeno. A pesquisa não se propôs a descobrir as causas, mas enumerou uma série de características que precisam ser explicadas no caminho para descobrir a resposta.

A equipe liderada por Walter Tschinkel, da Universidade do Estado da Flórida, nos Estados Unidos, descreveu, por exemplo, o ciclo de vida dos “anéis de fadas”, que vai desde o surgimento até o momento em que o espaço volta a ter vegetação. Os menores anéis têm um ciclo médio de 24 anos, enquanto os maiores podem durar até 75 anos.

Além disso, o estudo também descreveu como essas formações se comportam em relação a pequenas variações do solo e do clima.

“Qualquer explicação causal dos anéis de fadas tem que incluir o nascimento, o desenvolvimento e a morte, a expectativa de vida média e a variação de suas características sob diferentes condições”, justifica o artigo.

Fonte: G1

Anúncios

Sua opinião é muito importante para nós.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s