CERN confirma a existência do bóson de Higgs

Nesta quarta-feira, dia 4 de julho de 2012, cientistas do Centro Europeu de Pesquisa Nuclear (CERN), anunciaram que o bóson de Higgs, também conhecido como ‘a partícula de Deus’ foi detectado pelo LHC (Grande Colisor de Hádrons).

Pela ótica da ciência, a detecção do bóson de Higgs é um grande passo para uma melhor compreensão do Universo. Como explicamos aqui, de acordo com o modelo atual da física, se não existisse o bóson de Higgs, as partículas atômicas não teriam peso e, basicamente, a matéria não poderia ser criada (logo a denominação ‘partícula de Deus).

A porta-voz Fabiola Gioanotti declarou que foram observados sinais claros de uma nova partícula na região de massa entre 125-126 GeV. “Mas um pouco mais de tempo é necessário para preparar os resultados para publicação”, acrescentou.

De acordo com Sergio Bertolucci, diretor de pesquisa do CERN, os dados apresentados na coletiva de imprensa ainda são preliminares. Isso quer dizer que, apesar da partícula ter sido detectada, mais estudos serão feitos para comprovar as suas propriedades. Outro relatório sobre estes resultados, dessa vez mais definitivo, deverá ser apresentado no fim do mês.

Segundo os pesquisadores, o mundo material, que podemos ver, representa apenas 4% do Universo. Espera-se que a descoberta dessa nova partícula nos ajude a compreender o que são os 96% restantes.

Fonte: Galileu

Anúncios

Sua opinião é muito importante para nós.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s