Pesquisadoras brasileiras tentam criar combustível que substituirá a gasolina

Duas pesquisadoras brasileiras fazem parte do grupo que estuda a possibilidade de se produzir isobutanol usando gás carbônico para substituir ou diminuir o uso da gasolina nos veículos. As pesquisadoras fazem parte do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT, na sigla em inglês) e segundo a pesquisadora Cláudia Gai, que já trabalha há dois anos no grupo, eles manipularam os genes de uma bactéria encontrada no solo, a Ralstonia eutropha.

Image

De acordo com as experiências realizadas, ao passo que as fontes de nutrientes das bactérias são reduzidas, elas absorvem mais CO2, que é um dos responsáveis pelo aquecimento global, e criar compostos de polímero, um “bioplástico” com características similares ao plástico do petróleo. Porém, os pesquisadores manipularam o DNA do micro-organismo para que produzisse isobutanol ao invés de bioplástico.

Atualmente, uma outra pesquisadora brasileira, Amanda Bernardi, jovem bolsista do programa Ciência sem Fronteiras, estuda a tolerância da bactéria ao isobutanol, ou seja, ao álcool produzido por ela mesma.

No mês de agosto foi publicado um artigo sobre a pesquisa na revista Applied Microbiology e segundo as pesquisadoras, entre o final de 2013 ao início de 2014 o projeto-piloto deve estar pronto para produzir isobutanol em maior escala.

Image

Redação Ambientalistas em Rede

Anúncios

Uma resposta para “Pesquisadoras brasileiras tentam criar combustível que substituirá a gasolina

Sua opinião é muito importante para nós.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s