Homem que arrastou cão por seis quarteirões é condenado

A Justiça condenou por maus-tratos contra animais o mecânico Cláudio Messias, que em 2011 amarrou seu cão rottweiler no carro e o arrastou por seis quarteirões em Piracicaba (SP). O juiz Ettore Avolio condenou o acusado, que era dono do cão, a pagar R$ 9.810 de multa e a prestar 200 horas de serviços voluntários no Canil Municipal da cidade.

526801337

O caso, que chocou a cidade, ocorreu em novembro de 2011. Messias foi condenado por ter amarrado seu cão Lobo na carroceria de uma picape e o arrastado pelas ruas do centro. Após a corda se romper, o motorista fugiu, abandonando o animal machucado. O rottweiler morreu 15 dias depois, por causa dos ferimentos causados.

Na defesa que apresentou à Justiça, o mecânico argumentou que o cão estava em cima da carroceria e teria caído. Ele afirmou ainda que não socorreu o animal por pensar que ele estivesse morto. Ele afirmou que vai recorrer da condenação.

World Championships of Rottweilers

Fonte: Estadão

Anúncios

5 Respostas para “Homem que arrastou cão por seis quarteirões é condenado

  1. Na torcida para que ele recorra e perca. E que seja verificado um erro de cálculo e que seja ampliada sua condenação. Quem tem que andar com enforcador é esse “senhor”.

  2. Este monstro cometeu um homicídio: o cão morreu em decorrência dos ferimentos. E com agravantes!
    Deveria estar preso e as notícias a respeito deveriam LAMENTAR que homicídio doloso com agravantes, como o meio cruel, tortura, além da impossibilidade de defesa da vítima, não determine a PRISÃO deste monstro, sem condições de viver em sociedade.
    Afinal to FBI já publicou estudos que comprovam que torturadores começam com animais, e na sequência se tornam torturadores e assassinos de seres humanos!

  3. Exato, Ma.Beatriz!
    Há agravantes que justifiquem a sua prisão. Mas seria realmente um castigo para um sujeito desse naipe? Ou ele estaria entre seus pares?
    Começam como matadores de passarinhos e findam como serial killers…
    A alma dorme na pedra, sonha no vegetal, agita-se no animal e acorda no homem”, cuja autoria é atribuída a Léon Denis.

Sua opinião é muito importante para nós.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s